RSS

Arquivo da tag: conteúdo relevante

10 dicas para sua Fan Page ser um sucesso

Já são mais de três milhões de Fan Pages no Facebook e este número aumenta a cada dia. É muita coisa para dividir a atenção das pessoas, então a diferença que você puder fazer pode impactar positivamente o número de “likes” que você terá. Não preciso nem comentar que não basta criar uma página lá e esperar que as pessoas comecem a aparecer com que por milagre.

Se você está começando agora neste campo, talvez não saiba que uma página limpa e com toques de criatividade pode conseguir bastante audiência. Aqui vão algumas dicas para que você consiga impressionar o seu público com uma boa Fan Page:

1- Seja criativo

Parece óbvio, mas uma página no Facebook precisa de uma abordagem diferente do que você pode estar habituado. Como esta página representa um apanhado da sua comunidade, você precisa tomar bastante cuidado para não exagerar. Tente dar mais ênfase no que representa os valores de seu negócio e adicione informações que sejam relevantes ao seu público. Lembre-se de que o que importa para eles no final das contas é o que você entrega. Salvo poucas excessões, a maneira como isto chega até eles é irrelevante.

2- Customize

Não publique conteúdo de outras pessoas se você quer que a atenção da audiência seja voltada para o que você disponibiliza. Tente manter a página limpa, eliminando montes de imagens, animações, fontes trabalhadas e gráficos. Adicione chamadas à sua página apontando para o botão Curtir e pedindo aos leitores que cliquem. Outra grande ação é usar a linguagem de programação do próprio Facebook, o FBML, para criar portais para os fãs de sua página. Por exemplo, você pode criar um dispositivo que recompensa cada “Like” com um vídeo exclusivo ou um e-book. Isso pode atrair muitas pessoas para a sua página.

3- Ofereça algo único

Para a sua página crescer, você precisa dar algo em troca. Oferecer brindes, cupons de desconto e conteúdo do seu blog são grandes maneiras de atrair audiência.

4- Use fotos

Mantenha a dinâmica da página com atualizações constantes e que elas sejam condizentes com o design predominante. Use as fotos como uma maneira de adicionar conteúdo interessante ao feed de notícias das pessoas. Mas não pode ser qualquer foto: elas devem ter um aspecto profissional e representar o que a sua companhia precisa entregar aos clientes.

5- Use os chats

Com a ajuda de um aplicativo de chat ao vivo, permita que os fãs participem de conversas sobre os produtos que você oferece. Isto não só estimula um ambiente comunicativo, como também o ajuda a conhecer melhor a sua audiência. Você também pode fazer streamings de vídeo usando o UStream. Vídeos aproximam os clientes das empresas e personificam a conversa, gerando uma maior relação de confiança.

6- Coloque um formulário de contato na página

Explore as possibilidades e use o Facebook como fonte de mailing. Com os formulários de contato, você pode obter uma grande lista de emails sem precisar importunar os clientes pedindo por isto.

7- Use mais vídeos e RSS para aumentar o alcance

Para fazer com que a sua Fan Page seja mais otimizada e acessível para os usuários, inclua vídeos e feeds RSS. Com isto você atinge as pessoas utilizando as mídias que elas mais preferem.

8- Disponibilize uma loja

Se o seu negócio envolve vendas on-line, utilize o Facebook para vender seus produtos direto aos fãs. Com a ajuda de aplicativos específicos, você pode adicionar características que não só permitirão que você exiba os seus produtos, como também os venda on-line. Depois que a loja estiver instalada em sua página, basta que eles cliquem em comprar e pronto. Venda garantida. Existe até mesmo suporte para o PayPal.

9- Faça pesquisas

A melhor maneira de se beneficiar com uma página nesta enorme rede social é permitir que seus visitantes participem de um ambiente verdadeiramente interativo. Não é só a empresa que precisa se aproximar dos clientes. A nova característica dos consumidores os faz querer ser próximos das marcas com a mesma intensidade. Portanto, ao mesmo tempo em que você quer saber qual é a opinião deles em relação a você, eles querem opinar. Justamente por este motivo, as pesquisas e enquetes são tão populares on-line. Pergunte de tudo que seja relacionado ao seu negócio e terá boas dicas sobre como melhorar a experiência dos clientes.

10- Priorize a sua página

Com mais de 620 milhões de usuários, o Facebook é grande demais para ser ignorado. Qualquer empresa que leva o crescimento on-line a sério deve considerar maximizar seus esforços neste ambiente. Uma boa página nesta rede social é uma maneira de fazer isto e outra é criar estratégias fora dela, que levem os clientes a acessar a sua Fan Page.

Então, ao criar a sua Fan Page, não tenha medo de ser inovativo, diferente e nem de utilizar as ferramentas disponíveis. Mas seja cuidadoso, pois a audiência on-line é muito volátil e se você se descuidar, todo o investimento pode cair por terra em questão de dias. Conheça a sua audiência, saiba do que precisam, entregue conteúdo relevante e certamente e sua página será um sucesso.

30 Segundos

Anúncios
 

Tags: , , , , ,

Passo a passo de como vender no Facebook

Com mais de 500 milhões de pessoas conectadas todos os dias, o Facebook é o maior fenômeno nos últimos tempos tanto na internet como no mundo dos negócios.

As empresas estão enxergando a rede de Zuckerberg um canal também para aumentar o faturamento.

O social commerce, uma nova tendência, consiste em usar as redes sociais como uma plataforma de vendas. Ainda embrionário aqui no Brasil, permite à empresa conquistar novos consumidores e impulsionar as vendas.

O especialista em marketing digital e diretor da agência Cookie Web, Natan Sztamfater, esse momento representa uma nova era para a internet. “Faltava esse tempero para que o momento da compra ficasse ainda mais interessante do que na loja física.”

Iniciativa

Um que já esta usando este modelo é o site de compras coletivas Clube do Desconto. Eles começaram a usar o Facebook como plataforma de venda há quase dois meses e segundo o diretor de marketing da empresa, Sergio Balcheriene, o público tem dado um retorno positivo ao novo modelo de vendas. “Em um mês vendemos 5 mil vouchers direto pelo Facebook”, conta. Isso representa cerca de 5% das compras no período. ” A gente espera chegar nos 15% até julho” diz.

A compra pela rede social estreita o caminho do usuário e a empresa. ” A venda é baseada na recomendação de pessoas que você acompanha ou confia” explica Sztamfater.” Encurtar o caminho de compra é um grande benefício” enfatiza Balcheriene.

Dicas

Para entrar nessa onda, o primeiro passo é ter uma página bem feita na rede. As informações da sua empresa precisam estar claras e interessantes. tenha “conteúdo relevante” como principal diretriz.” ensina Sztamfater.

A página da empresa no Facebook deve ser como uma vitrine, “Oferecer os produtos compondo um look ou organizando por categoria permite ao usuário curtir e comprar direto na rede social” ensina o diretor da Cookie Web.

Existem diversas ferramentas que o usuário possa recomendar e divulgar sua loja na web. A ShopTab ajuda na tarefa – basta inserir os itens na plataforma que ela organiza a página. Coca-Cola e Barneys New York ja usam em suas páginas.

O interessante no dia dia é incentivar clientes que visitam a loja física a compartilhar sua localização ou recomendar seus produtos através da rede. “Isso exige um trabalho direto e pessoal com os principais clientes  para construir uma ligação em que ele aceite curtir, recomendar ou fazer check in na loja”, diz Sztamfater.

O processo é de formiguinha, mas a médio e longo prazo o resultado é satisfatório. “O consumidor é impactado pelo curtir do amigo o que vale muito mais que publicidade em qualquer outra mídia” explica o especialista.

Outra sugestão para aumentar o número de fãs é oferecer informações e promoções a quem curte a página. ” Isso pode ser feito direto no site da empresa adicionando um box do Facebook na página” explica.

O custo para a criação de um social commerce é relativo. Segundo Sztamfater, pode se começar com um baixo investimento, mas os resultados não serão altos logo de cara. “Apesar de ser uma grande tendência, é muito difícil apoiar um negócio apenas nessa funcionalidade. Para os pequenos, os resultados ainda não devem ser tão grandes, mas a ferramenta serve como um agregador de vendas e, com certeza, ajuda a fidelizar ainda mais os clientes”, explica.

Empreendedorismo

No embalo do crescimento do social commerce, já começam a surgir novos negócios. É o caso da Like Store. Recém-criado, o serviço permite que qualquer página da rede social se torne em uma loja virtual.

Em fase de testes, o serviço deve estar disponível ao público geral na próximas semanas. “As pequenas empresas vão poder navegar por um ambiente de administrador, onde vai ser possível incluir produtos, calcular preços e organizar a loja”, conta. Para gabriel Borges, idealizador da Like Store, a usabilidade do Facebook deve ajudar a alavancar as vendas, visando 150 mil transações com um ticket médio de R$ 120 reais, totalizando 18 milhões.

A Like Store é a primeira no país a usar essa plataforma, baseada na americana Payvmente. Borges que irá investir R$ 1 milhão no decorrer do ano e diz que o valor deve ser recuperado no mesmo ano.

Uma coisa é certa, com tantas lojas virtuais que estão surgindo durante os últimos dois anos, o diferencial de uma pra outra será a segurança que irá passar ao consumidor.


 

Tags: , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: