RSS

Rafinha Bastos e a consequência de seus atos

15 out

A dias o caso Rafinha Bastos vem sendo falado e comentado em diversos sites, blogs, redes sociais e em uma simples conversa na fila de banco.

Mais uma vez ele é o centro das atenções, depois de ser eleito em março deste ano pelo jornal americano “New York Times” a personalidade mais influente no Twitter.

Com piadas sem graças e ofensivas a Wanessa Camargo e seu bebe ele segue criando inimigos e adeptos ao seu estilo “humor negro” de ser.

Todo dia alguém publica que ele foi demitido, que se auto demitiu, alguém que irá processa-lo, mas o que não aparece é um pedido de desculpas por parte do comediante.

Após o caso da Wanessa Camargo o alvo da vez foi Fábio Assunção, dizendo que a operadora Nextel oferece serviços a traficantes e prostitutas e que não seria a toa que Fábio Assunção era o garoto propaganda.

Dias depois colocou fotos no dia de sua suspensão da bancada do CQC com 3 mulheres de lingerie dizendo que estava muito triste pela Band ter suspendido ele do programa. Rafinha Bastos é um ótimo humorista que conquistou milhões de fãs ao redor do Brasil, mas que ultimamente esta pecando com seus comentários e humor ofendendo a todos.

Até que ponto isso pode atrapalhar seus negócios? Até que ponto a imagem da emissora pode ser afetada por seu funcionário? Já lemos diversos casos de pessoas que mancharam o nome de uma empresa por seus atos fálicos e irresponsáveis.

O caso da Locaweb em que o funcionário Alex Glikas da empresa que patrocinava o time de futebol São Paulo em uma partida contra o rival Corinthians divulgou em seu twitter palavras de baixo calão ao SPFC, time no qual a Locaweb estampava em seu uniforme a logomarca da empresa.

Outro caso famoso e que deu o que falar foi o caso dos funcionários da rede de pizzaria Domino´s que na cozinha, durante o processo de montagem da pizza colocou melecas do nariz em ingredientes que iriam no produto que seria entregue ao cliente. Os funcionários foram demitidos e isso correu internet mundo a fora.

Recentemente um funcionário da Microsoft divulgou em seu twitter pessoal informações sobre o novo aparelho que a empresa estaria pra lançar e não satisfeito divulgou informações técnicas do aparelho como câmera, software e funcionalidades, conclusão demitido por justa causa por infringir as normas internas sobre redes sociais.

O caso do humorista Rafinha Bastos não é muito diferente, já que ele representa uma empresa e devido a suas atitudes a Band poderá sofrer sérias punições da produtora Eyeworks, que criou o formato do “CQC” na Argentina.

Rafinha Bastos está no olho do furacão, com muitos interesses conflitantes girando ao seu redor. Talvez não sobreviva, mas por enquanto está rendendo assunto. Vamos esperar os próximos capítulos.

Leonardo Zani
Especialista em Planejamento Estratégico Digital
Conheça meu LinkedIN
Seja meu amigo no Facebook
Me siga no Twitter @leoZANI @marcaemarketing
 
1 comentário

Publicado por em 15/10/2011 em Sem categoria

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Uma resposta para “Rafinha Bastos e a consequência de seus atos

  1. Missionária Marilene

    14/11/2011 at 10:01

    Ele é muito sem graça, não se faz humor prejudicando as pessoas, nem a condição fisica delas. Muito sem graça.

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: