RSS

10 dicas para um e-commerce de jóias

12 jul

Selecionar jóias on-line nunca foi uma tarefa fácil, mas a tecnologia atual permite aos consumidores examinarem tais itens com grande nível de detalhamento, com as boas lojas virtuais oferecendo descrições completas do produto que permitem aos clientes estarem bem informados para realizarem suas compras, além de oferecer políticas sólidas que tornam as compras no comércio eletrônico mais seguras e práticas.

A seguir algumas dicas para que joalheiros da internet melhorem as experiências de consumo de seus clientes, o que irá beneficiar nas vendas da loja e em prospectar novos consumidores.

  • 1. As imagens dos produtos são o fator principal para o consumidor que deseja comprar jóias ne-commerce. Certifique-se que seu fotógrafo tenha tirado as fotos em alta resolução e em todos os ângulos, com zoom nos detalhes mais importantes do produto, obviamente com informações detalhando tudo acerca dele.
  • 2. Forneça imagens dos produtos em seu contexto: se é um colar, o mostre no pescoço de alguém; se é uma pulseira, tire uma foto mostrando como ele fica em um pulso, este fator é muito importante para se ter uma idéia da dimensão do produto.
  • 3. Sua plataforma deve permitir que os usuários possam visualizar as imagens em diferentes níveis de zoom, para que eles examinem o produto mais detalhadamente que uma imagem de resolução padrão. O indicado é oferecer uma imagem em miniatura, de tamanho médio e uma visão ampliada de cada produto ofertado.
  • 4. Forneça descrições úteis e únicas sobre seus produtos, detalhando as opções que cada item pode oferecer. Se por exemplo uma corrente de prata está disponível em vários tamanhos, não copie e cole a descrição de uma para todas as outras.
  • 5. Forneça aos usuários aplicativos de redes sociais, como por exemplo, um botão “like” do Facebook em cada página de produto, o que permite aos usuários compartilhar e discutir sobre os itens que comercializa.
  • 6. Certifique-se de dividir os produtos em seções, mas que não sejam nem tão abrangentes nem tão restritivas na classificação dos seus produtos a ponto de se tornar confusa.
  • 7. Mostre aos compradores itens relacionados com o que ele procura. Procure automatizar este recurso. Busque com que os itens relacionados sejam realmente relevantes quando se leva em conta o produto que originalmente o cliente buscou.
  • 8. Permita que os consumidores possam publicar comentários sobre os itens comercializados. Geralmente localizam-se na página de produto e fornecem aos novos usuários informações úteis sobre os bens vendidos, o que acrescenta confiança adicional ao público e irá ajudá-lo com benefícios de SEO.
  • 9. Garanta que as páginas de produtos tenham URL amigáveis – de fácil memorização e de compartilhá-la em redes sociais.
  • 10. Nomeie seus itens em linha com que as pessoas procuram; uma pulseira de prata deve ser chamada como tal, não como “pulseira luz das estrelas”, por exemplo, pois pode tornar difícil para os consumidores encontrarem o produto que buscam comprar.

Estas dicas são apenas um pequeno número de sugestões: o conselho principal quando se olha para as páginas de produto de jóias é manter em sua mente sempre o cliente. Caso o faça, terá muitas oportunidades de colher benefícios com o seu negócio no longo prazo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12/07/2011 em Sem categoria

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: